quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Pessoas, qualidades e defeitos.


Aprendi com a minha mãe a valorizar as qualidades de uma pessoa principalmente quando um defeito dela me incomoda. Acho que é uma maneira sábia de aceitar que todo mundo vai errar, mas que também haverão acertos. Não me esqueço dessa lição, então tomei cuidado para encontrar uma palavra certinha que defina o que vem acontecendo comigo por esses dias. É impaciência. Difícil lidar com tanta bobeira, falsidade, vacilo, estupidez e tudo mais que o ser humano tem de sobra, inclusive eu.

Ok, não devo julgar. Ok, sou imperfeita como todo mundo. Mas estou no meu direito de sentir, mesmo que seja irritação.

Peço que Deus me ajude a enxergar as qualidades, aliás, que Deus me dê a qualidade de ser tolerante.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Contentamento



Diante da sua realidade, você se considera feliz?

Penso que a resposta - verdadeira - para esta pergunta é complexa, assim como extremamente mutável. Funciona assim com a maioria das pessoas: Algo bom acontece e nos consideramos pessoas abençoadas, iluminadas e felizes. Mas aí se na mesma semana alguma coisa desanda, já era! Passamos de criaturas sorridentes para pobres, coitados e sofredores. Não é exagero, é a realidade.

Essa variação de humor, de pensamento e de opinião acontece com qualquer um, já aconteceu comigo e não estou livre de que aconteça novamente. O ser humano age por emoção quase que a todo instante, esquecendo-se de parar e tentar compreender o que acontece. Eu vivo dizendo que nada é por acaso e vou morrer dizendo, provavelmente. Tudo o que acontece, antes de ser bom ou ruim, é NECESSÁRIO. Basta aceitar e tirar o melhor disso. Aí sim o contentamento achará espaço em nosso coração.

A minha realidade, por mais que não esteja exatamente como eu gostaria e sonho, é necessária. Existe um propósito para ser assim e eu entendi que o contentamento vem acompanhado de paz e tranquilidade. Deus é bom! Eu vejo isso muito claramente, tanto que não pude deixar de compartilhar. Hoje vou terminar com uma frase de um autor que além de desconhecido, é muito sábio:
"O segredo do contentamento é você perceber que tem mais do que a maioria tem e muito mais do que merece."