quarta-feira, 4 de maio de 2011

- Sensações -

A vida é repleta de sensações. Algumas muito boas, outras achamos que jamais vamos sentir, mas nos pegam de surpresa e nos deixam arrasados, existem ainda aquelas pelas quais fazemos até besteira para sentir. Eu diria que as sensações dão um "tempero" à vida, afinal, seria tudo muito igual, muito sem graça se não sentíssemos nada. Pensando nisso, me perguntei quais sensações têm me marcado atualmente. De primeira, me lembrei das incontáveis risadas com os meus amigos, o riso fácil por qualquer piada sem graça... É essa sensação de ter um motivo - por mais bobo que seja - para sorrir, que tem feito toda a diferença em minha vida por esses dias.

Sensação para mim tem que ser intensa, extrema, grandona, forte e todas as palavras do gênero. Assim como o sorriso tem que ser largo, o abraço forte e se a dança for para divertir, que seja a mais ridícula possível! Para que economizar o que é bom? Pensando no quanto as sensações ruins machucam o coração, tenho ainda mais vontade de viver cada sensação que me faz bem como se fosse a última. Hoje acordei assim, querendo sentir o que existe de mais belo, mais legal, mais sincero e por que não mais bobo e pueril?

Um comentário:

  1. E são essas sensações que nos leva as diversas emoções, emoções tais que faz a vida valer a pena.
    Bjs
    http://manoelbritto.blogspot.com/

    ResponderExcluir