segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sobre o Tempo




Sabe aquelas pessoas que a gente considera o famoso doce de leite? hahaha! É aquele alguém bonzinho, porém enjoadinho. Conheço um monte! Não vou falar de nenhuma dessas pessoas não, mas vou contar algo que descobri: o tempo é um docinho de leite tal qual essas pessoas que a gente conhece por aí.

Eu acho bom porque só ele é capaz de aliviar dores, mágoas, tristezas. Mas também acho enjoadinho, simplesmente porque detesto esperar. Por exemplo: Eu amo o tempo quando ele tá perto de acabar e aquela coisa tão esperada está para acontecer, mas passo a odiá-lo quando a coisa (essa coisa quase sempre é uma pessoa) vai embora e eu vou ter que esperar tudo de novo; No sentido contrário, eu odeio o tempo quando algo que planejei deu errado e as pessoas vêm me dizer: "Caaaalma, Flávia! Dê tempo ao tempo!", mas viro fã do tempo, quando ele simplesmente passou e eu entendi que o melhor foi ter acontecido daquela forma. 

Tratando-se do perdão, o que posso dizer é que o tempo é irmão dele. Andam juntos. Difícil encontrar alguém que consiga perdoar horas depois de ser magoado. Não dá! E isso não significa que a pessoa seja ruim. Ora, uma palavra dita não volta atrás e tem o poder de machucar e muito! Fica guardado, fere a alma... Como perdoar? Só com o tempo.

O tempo não faz milagres, quem faz milagre é Deus, mas o próprio Deus pode usá-lo para tratar principalmente da nossa alma e do nosso coração. Além de aprendizado e experiência, o tempo gera perdão e cura.

Tenho vivido um tempo de mudanças muito importantes para mim. Venho tirando alguns entulhos que guardei no coração com o tempo, mas o próprio tempo me ajudou a tirar.

Pensei até em fazer as pazes com o tempo enquanto escrevia, mas me lembrei que o danado "não passa" e me causa uma saudade enorme! Tenho com ele uma relação de amor e ódio, rs. E assim os dias vão...

"Talvez o tempo te ponha na sua escola pois não terás melhor professor que ele." ( Abu Shakur )





5 comentários:

  1. Flávia, muito obrigada pelos elogios do blog! Fico muito feliz em saber que o pessoal gosta. Realmente eu passo hoooras pra fazer um post só.

    To te seguindo :D

    Parabéns pelo blog também!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Eu tmb tenho essa relação de amor e ódio com o tempo. E é sempre a mesma coisa... Ficamos com pressa para as coisas acontecerem, ai sempre demoram. Mas quando nao ligamos muito, sempre passa rápido!

    Se puder retribuir:
    http://entendaque.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. O tempo é algo complicado... Quando a gente não quer, ele passa voando, mas quando precisamos, ele não passa...
    Gostei do post *-*

    ResponderExcluir
  4. Puts, o tempo é muito curto para tudo! Quando a gente vê já passou. Se alguém tiver tempo para vender eu compro...hehehehe

    ResponderExcluir
  5. É bom q vc não guarda rancor no coração q perdoa por mais q leve um tempo, posso te dizer também que o perdão alivia o peso de coisas acumuladas com o tempo, como vc mesmo disse “Venho tirando alguns entulhos que guardei no coração com o tempo”, curto muito o seu blog, e estou esperando ansioso uma nova postagem. Abraços...

    ResponderExcluir