segunda-feira, 29 de novembro de 2010

PAZ



PAZ (latim pax, pacis) - 1. Quietação de ânimo; 2. Sossego, tranquilidade; 3. Ausência de guerra, de dissensões; 4. Boa harmonia; 5. Concórdia, reconciliação; 6. Paciência, pachorra.

Temos vivido dias de verdadeira guerra. Vemos sangue, mortes, pessoas pedindo a tão sonhada paz. É tudo muito triste e apesar de sempre existir alguém que arrume uma maneira de zombar, - inclusive da falta de paz - a maioria dos brasileiros se comoveu e não parou de pedir e falar em paz nos últimos dias.

Vejamos algumas imagens e frases que marcaram a última semana:

 









"Um dia ele ia ter que pagar" - Ivanildo Dias de Trindade, que entregou o filho Carlos Augusto à polícia.

"Nunca passei por isso. Fiquei em casa, esperando acabar. Vim na rua agora, mas não gosto de ver tanta polícia." - Daniel, de 9 anos, sobre ocupação no Complexo do Alemão.

"Eu tô deitada no chão desde quinta-feira, última vez que saí de casa." - Roseli, de 21 anos, sobre operação no Complexo do Alemão.

"Eles [criminosos] são muito covardes, estão acuados. Nesse momento é cada um por si. Então podem fazer pessoas reféns, se esconder em casas de moradores." - Coronel Lima Castro, relações públicas da Polícia Militar, sobre a operação no domingo (28).

 
"Estamos seguindo os rastros de sangue." - Rodrigo Oliveira, subchefe operacional da Polícia Civil.


Triste! Muito triste! Mais triste ainda é esperarmos acontecer algo assim para "acordarmos para vida" e enxergarmos que o mundo precisa de paz! A paz deve começar no coração, nas palavras que saem da nossa boca, em casa, no trabalho e em todas as situações que fazem parte da nossa rotina. Se todos nós prestássemos atenção nesse detalhe - que faz toda diferença -, certamente não haveriam tantas mortes e uma realidade tão triste como a que vimos nas fotos acima.

Eu necessito de paz, você necessita também. Mas será que diariamente - sem guerra no Rio - nos preocupamos com a paz alheia e até mesmo com a nossa paz?

Paz não significa somente "ausência de guerras" como já lemos acima. O que vejo são pessoas xingando e arrumando confusão no trânsito; vejo fisionomias sérias, sem um sorriso sequer; vejo gente incapaz de fazer uma gentileza; vejo gente que discute por um lugar na fila da padaria; vejo gente egoísta; vejo gente que só visa dinheiro; vejo pais ausentes; vejo filhos enganando os pais; vejo maridos/namorados espancando suas companheiras, vejo gente querendo "passar a perna", etc. Agora me respondam: isso é viver em paz? Não estou apontando, na verdade até me vejo em certas situações que citei. Infelizmente, muitas vezes a gente nem percebe o que está fazendo.

Um dos mandamentos de Deus é: "Amai-vos uns aos outros". Mas a realidade é: este mandandamento vem sendo substituído pelo "Cada um no seu quadrado." É cada um por si, esquecendo de ser essência e vivendo só de aparência. Isto não é viver em paz!

Queremos paz! Que este seja não só um clamor em tempos de guerra no Rio, mas que seja um desejo do nosso coração todos os dias. Que a paz comece em nós (paz interior) e que seja transmitida aos que estão ao nosso redor. Hoje, o meu clamor é: PAZ PARA O RIO! PAZ EM MIM! PAZ EM NÓS!

 



8 comentários:

  1. Flávia Paz pra todos nois.... Espero ansioso uma nova postagem. Abraços...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog. Estou seguindo, espero sua retribuição!
    Sucesso!

    http://umpoucosobreisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Quem mora longe de tudo isso - feito eu - fica olhando abismada, é como se estivesse vendo uma transmissão de outro país. E o pior mesmo é que em países como Afeganistão, e outros que vivem em guerra, eles lutam por convicções. Problemas religiosos, ocupações indevidas. O Brasil cria uma coisa assim, por causa de tráfico de drogas.
    Nessas horas meu ufanismo me abandona.

    Até mais,

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pelo downloads,adoro seu Blog, to seguindo.

    ResponderExcluir
  5. ainda bem que uma parte disso ja foi resolvida ainda bem

    estou te seguindo espero que vc retribua

    http://planetahuumor.blogspot.com/

    abcsss

    ResponderExcluir
  6. A Paz chegou no Alemão. Agora tem de chegar em outras comunidades que ainda sofrem com o tráfico de drogas.
    Adorei o seu texto. E o seu desejo, é o mesmo que o de milhões de brasileiros. Beijo

    ResponderExcluir
  7. SEi-la, as coisas são muito confusas, tipo, eu naum acredito na verdadeira paz...acho q a vida é rodeada de conflitos e ai agente da ou não importanciia a ela. O caso do Rio é complicado por que ja tem um histórico de abandono desde a época da escravatura, lá pode dizer q até cristo da as costas pro morro...não sei qual deve ser a solução, mas tenho uma profunda intuição q essas ocupações tem a ver com a copa de 2014 e as olimpiadas de 2016, além do que, não imagino que as autoridades querem q o trafico ababe, ele gera um lucro ilcito pra muita gente grande, mas seria interessante ter o controle e a medida do que ele pode fazer, ter certeza do seu potencial...ou seja, controlalo pelas sombras, igual as autoridades paulistas.

    www.porumaportaiconoclasta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Lendo o post lembrei do comercial da W/BRASIL.

    Vale a pena dar uma olhada. Está no Youtube e circulando por e-mail via powerpoint.

    http://www.youtube.com/watch?v=ynf6HEItsms&feature=related

    ResponderExcluir