terça-feira, 2 de novembro de 2010

Metanóia


Metanóia é uma palavra de origem grega (μετάνοια , metanoia) e significa arrependimento, conversão (tanto espiritual, bem como intelectual), mudança de direção e mudança de mente; mudança de atitudes, temperamentos; caráter trabalhado e evoluído.
Mudanças ocorrem todos dias. Mudamos de casa, de emprego, de visual, de opinião, etc. Mas e a mudança da mente? Será que é possível?

Mudar de opinião, acho que não se encaixa em mudança de mente. Digo por mim, que sou teimosa ao extremo, e vez ou outra mudo de opinião devido a certos fatos e claro, porque não sou dona da verdade absoluta, mas minha mente permanece igual e o meu comportamento também.

Andei pensando na possibilidade de existir ou não  a mudança da mente, também conhecida metanóia. Já parou para pensar o que uma mudança de mente poderia gerar numa pessoa? Mudança de comportamentos, de costumes, de ciclo social, dentre tantas outras. Foi pensando nisso, que me fiz peguntas como: A metanóia pode ser tanto positiva, quanto negativa? Alguém muito perturbado pode se tranquilizar e ficar numa boa, como alguém muito do bem pode tornar-se um assassino? Isso é possível? Existe mesmo essa tal metanóia? Ou será que quando há alguma mudança de comportamento nas pessoas, não está acontecendo nada além do despertar de uma essência que sempre existiu, porém estava escondida?

Penso que se fizéssemos uma pesquisa perguntando se existe interesse em passar por uma metanóia, a maioria responderia que sim. Afinal, existe ser humano 100% satisfeito consigo e com as consequências sofridas por seus atos?

"Aqui se faz, aqui se paga" - nisso sim, eu sempre acreditei. "Colhemos o que plantamos" - tem o mesmo sentido, sempre falei e acreditei nessa frase também. Então acredito que todo mundo tenha algo a desejar na forma de pensar e naturalmente de agir... Sendo assim, a maioria marcaria no quadradinho lá: SIM, QUERO PASSAR PELA METANÓIA.

E eu, quero! Quero muito! Gente do céu, como eu quero! Quero parar de achar que sou dona da razão quando por algum motivo discuto com alguém e vez ou outra (para não dizer quase sempre) exagero nas palavras; quero também parar de me preocupar com detalhes e viver mais; quero ter mais paciência; quero parar de deixar tantas coisas pra depois; quero deixar de acreditar que todo mundo é bonzinho; quero deixar de me stressar com o que não me acrescenta, em resumo: eu quero quase que nascer de novo!

Bom, sei que estou prestes a passar pelo seguinte teste: metanóia - possível ou impossível? Juro que é sério! O teste será nesse final de semana. Meu grande e machucado coração está aberto. A resposta do teste? Os sortudos (ou não) que convivem comigo saberão e quem não convive também saberá de alguma forma, acreditem.

Para quem pensou que sou uma droga de pessoa, devido ao grande número de coisas citadas que quero mudar, sinto-me na obrigação de dizer que nessa possível metanóia, eu não quero mexer nos seguintes pontos: meu humor aguçado e envolvente, minha satisfação e charme ao fazer as mais diversas danças por aí, meu dom de imitar vozes quando passo trotes, minha capacidade indiscutível de cantar a música "por enquanto" da Cássia Eller, meu primor ao cozinhar purê de batatas com orégano, etc, etc, etc... São muitas qualidades, queridos. Prefiro manter a humildade e parar por aqui. Hahahahaha!

E dá-lhe metanóia!

9 comentários:

  1. É algo parecido como a situação das pessoas que "perdem a memória".
    Momentaneamente é uma situação embaraçosa.
    Acho que a personalidade modifica, naturalmente.
    Muito boa a sua postagem e idéias.
    Abraço

    www.tocadowilliam.com

    ResponderExcluir
  2. Belo texto,axo que a metanoia ocorre naturalmente ao passar do tempo,mesmo naun kerendo vc passa por isso...
    Meu apelido surgiu no colegial,eu tinha um puta black power,ai me xega un engraçadinho e fala:"c liga na pururuca!" sei lah axo que ele keria fala peruca na hora mas veio pururuca
    aoksoaksoaksaosko
    eh isso XD
    e seu pure de batata com orégano deve ser muito bom ^^ eu faço uns sushi kaulker dia a gente troka umas receitas...seguindo seu blog Abrass

    ResponderExcluir
  3. Eu paro para pensar,relamente fizemos mudança durante o tempo,até mesmo de emprego,de comportamentos que achamos que n se encaixa bem em nós.

    ResponderExcluir
  4. Valeu pelos comentários, queridos! Voltem sempre!


    PS: Pururuca, meu purê é show! Hahaha! Vamos trocar receitas sim! ;)

    ResponderExcluir
  5. A cada parte q leio vejo q é uma pessoa boa,de bom coração com suas qualidades e defeitos como todos nós. Mantenha sua humildade e irá mais longe do que imagina.

    A proposito adoro purê se quizer me mandar um pouco agradeço!!!

    Master

    ResponderExcluir
  6. Master (?), gostei muito dos seus comentários! Apesar de não ter idéia de quem é, também senti que você é uma pessoa boa e bastante inteligente!
    Volte sempre, viu? E aah, depois passa o endereço que eu te mando o purê, haha!

    ResponderExcluir
  7. Gosto deste tema. Mas, existe alguma técnica para treinarmos esta mudança de mente?

    ResponderExcluir
  8. Gosto deste tema. Mas existe alguma técnica para passarmos pela metanóia????

    ResponderExcluir
  9. Gosto deste tema. Mas existe alguma técnica para passarmos pela metanóia????

    ResponderExcluir